Qual a diferença entre suplemento e anabolizante?

08/07/2019

Entenda as diferenças entre anabolizantes e suplementos alimentares

Suplementos alimentares são polêmicos devido à falta de conhecimento, mas seu consumo é muito benéfico à saúde e nós queremos desvendar um mito e esclarecer uma dúvida que convive com muitas pessoas, inclusive atletas, praticantes de atividade física e todos aqueles que buscam melhoras da qualidade de vida através de uma boa alimentação.

Suplementos e esteróides anabolizantes, há diferença?

Os suplementos alimentares são produtos elaborados com ingredientes alimentícios, podendo ser adicionados de um ou outro nutriente sintético idêntico ao presente nos alimentos, enquanto os anabolizantes são derivados sintéticos da testosterona e outras substâncias medicamentosas.

Os suplementos alimentares são produtos destinados a suplementar a dieta e que contenham ingredientes como proteínas, vitaminas, minerais, carboidratos, aminoácidos ou a mistura desses nutrientes em quantidades pré-estabelecidas.

Os suplementos alimentares têm características semelhantes aos dos alimentos e servem para tratar doenças, assim como prevenir o seu aparecimento. 

São normalmente ingeridos na forma de cápsulas, tabletes, bebida ou pó para preparo de bebida, tornando-se uma forma conveniente para a obtenção dos nutrientes necessários para uma boa qualidade de vida e promoção da saúde, em especial, para aquelas pessoas que por diversos motivos não conseguem ter uma alimentação adequada e que consiga através dessa ingerir todos os micro e macro nutrientes exigidos para o bom funcionamento do corpo.

"Suplemento alimentar é tudo aquilo que adiciona nutriente ao corpo de uma forma específica e direcionada. Pode ser utilizado para complementação alimentar quando um nutriente específico não consegue ser oferecido através da alimentação normal."

Além disso, a suplementação pode ser utilizada em casos em que há carência de um nutriente específico, por um tempo ou concentração exatos.

Os suplementos alimentares comercializados devem passar pelo crivo da Anvisa para serem comercializados no Brasil.

- O número de registro da Anvisa deve constar na embalagem de cada produto e sinaliza que ele foi avaliado pela agência e que seu consumo, nas quantidades sugeridas, é seguro e benéfico ao esportista.

Os anabolizantes são derivados sintéticos derivados da testosterona e que são muitas vezes utilizados para acelerar a obtenção de massa muscular. São drogas de uso controladas, com prescrição exclusiva médica, e que podem trazer vários efeitos colaterais, muito deles graves.

Quais as consequências do uso de anabolizantes?

O consumo excessivo de anabolizantes podem levar a várias consequências indesejáveis que variam desde: aumento do risco de doenças cardíacas e do colesterol, alteração do humor, agressividade, tromboembolismo, alteração do colesterol, aumento da pressão sanguíneo, lesões hepáticas e alguns tipos de canceres

Nas mulheres podem ainda ter efeitos indesejados, como: queda de cabelo, acne, alteração da voz que fica mais masculinizada e aumento irreversível do clitóris.